Sentimentos incontroláveis


Posso estar misturando as coisas, mas acho que estou gostando dele. E se eu estiver mesmo, devo contar? Não quero perder a sua amizade, não quero que ele se afaste. Por que eu fui gostar dele? O conheço, sei o seu jeito de ser e não quero sofrer.

Não quero que ele sofra, não quero prejudicar a nossa amizade. Quero que seja como sempre foi. Por que não podemos controlar os nossos sentimentos? Penso nele a cada segundo. O seu jeito de ser, seu olhar, seu sorriso... Tudo.

Eu tento disfarçar, mas quando ele me abraça sinto o meu coração disparar. Um dia sem vê-lo é um sofrimento.

Será que ele sente o mesmo por mim? Devo perguntar? Medo se espalha por dentro de mim. Medo de perdê-lo, medo de ele mudar, medo de nunca mais conseguir concertar o meu erro.

Devo esquecer esse sentimento ou encarar sem medo as consequências que enfrentarei futuramente? Não sei... Apenas sei que se eu perder a sua amizade eu não irei conseguir suportar. Ele me faz tão bem.

Estou sufocada com essas duvidas que percorrem a minha mente. São perguntas que nunca serão respondidas. Que um dia irá se apagar e que só eu me lembrarei delas. Que nunca irão ser botadas para fora.

Se um dia o destino nos colocar longe um do outro, eu irei sempre me lembrar dele e imaginar oque teria acontecido se eu tivesse contado. 




Crônica fictícia feita com ajuda da minha linda Parabatai Jess.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Our Constellations - © 2015. Todos os direitos reservados
Template desenvolvido por Fancy Designs
Tecnologia do Blogger| Créditos: Garota no Mundo Html, Jackie Dream e Enjoy Things| △Voltar ao Topo△
imagem-logo