Aquele andar

Quando vi você entrar
Não queria acreditar
Com seu cabelo bagunçado
Precisava me aguentar.

Quis me jogar daquele lugar,
Mas estava presa no décimo andar
Os olhos precisei fechar
E esperar o elevador parar.

Eu queria tanto que você não tivesse entrado aqui
Mas parece que seu mapa astral dizendo que sim
Acabei olhando para o lado bom
E pensei na nossa combinação.

"Bom dia", foi o que você disse
Soltei apenas um "olá" para fugir da tola timidez
O que seria mais um oito
Para quem já caiu umas nove vezes
E tive que pensar no amanhã que seria mais dez.

Foi assim que eu me despedi de você
Apenas um "até mais"
Que eu volto mais tarde
Até nos encontrarmos nesse mesmo andar
Me desculpe pelo erro
Mas não pude me controlar.

6 comentários:

  1. Olá,
    Que texto adorável.
    As vezes a gente tem que deixar com universo mesmo, se for pra ser, será ♥.

    tenha uma ótima semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Obrigada (: hahaha tenho que concordar. As vezes não dá para evitar!
      Beijos e uma ótima semana!!

      Excluir
  2. ADOREI!!! Parace que o amor está no ar, não é mesmo? hahahaha
    http://aleticiacarvalho.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada disso, dona LEt! Não tem amor algum aushahsauh

      Excluir
  3. Opa tão lindooo, a sério, gostei mesmo muito.
    Está super bem escrito, embora não seja grande fã de poesia, sei reconhecer isso.
    Beijinho :)
    http://www.mariasemlimites.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Olha só, uma poetisa.
    Amo poetas.
    :)

    Parabéns pelo texto.

    Beijos
    colecionadoresdelivross.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Our Constellations - © 2015. Todos os direitos reservados
Template desenvolvido por Fancy Designs
Tecnologia do Blogger| Créditos: Garota no Mundo Html, Jackie Dream e Enjoy Things| △Voltar ao Topo△
imagem-logo