Leituras do mês: Setembro

Oláaa!!! Como vocês estão? 
Eu estou bem, porém, ansiosa. 
"Mas ansiosa para que?" 
Bem, eu irei viajar no dia 26 de Setembro com a minha turma na viagem de formatura. Por isso eu estou aqui para fazer "O que eu andei lendo?". Um pouco adiantada, né? Mas eu estou em semana de provas e, provavelmente, não irei ter tempo para postar, pois nesse bimestre não quero ficar de recuperação. Okay, irei descartar essa parte.
Sei que não irei ler e nem terminar algum livro por esses dias, então vou fazer hoje mesmo. Já que faz uma semana que não posto. Ô irresponsabilidade...


Qualidade """"Maravilhosa""""".

Olha... Esse mês sim eu posso dizer que eu li bastante. E isso é bom, né? Para mim sim.



Meus 15 anos- Luiza Trigo. 
Eu li esse livro beeeeeem no começo do mês. Lembro-me que comecei no ônibus voltando da bienal, mas como a zoeira é maior não consegui me concentrar, então terminei a leitura em casa mesmo...
É bem fácil de ser lido. 
Odeio dizer isso, odeio mesmo. Mas não consegui me apegar aos personagens, sabe? Não sei por quê. 
A história tem tudo para ser clichê, e é... Não me julguem, odeio falar isso. De verdade.




Tipo Destino- Susane Colasanti.
Azul da Cor do Mar- Marina Carvalho.
Não preciso falar nada dos livros, né?? Tem resenha deles no blog!!



Cartas de Amor aos Mortos- Ava Dellaira.
Esse livro é maravilhoso. Me apaixonei por ele, de verdade. Mesmo tendo momentos que eu queria esmagar alguns personagens... Mas isso sempre acontece, nada que prejudique a leitura. E OLHA ESSA CAPA!
Acho que irei fazer resenha dele no blog. Só que mais para frente...



Eleanor&Park- Rainbow Rowell.
Esse foi o livro que fechou o meu mês. Perfeito, né? Lembro que quando eu terminei de lê-lo eu estava na aula de inglês e sim, eu chorei. Mas fazer o que, a culpa não é minha. É da Eleanor, do Park, da Rainbow... De todos, menos a minha!
Também estou pensando em fazer resenha dele.

Eu poderia ter lido mais livros, mas não queria acabar com tudo de uma vez... 
Acho que é isso, né? Acho que sim. Então, até mais!

Anjo

Querido Garoto,

Sabe, um dia eu sonhei com você. Lembro-me que eu estava andando sobre as nuvens. Parecia que eu estava pisando em algodão. Estava flutuando. Era uma experiência nova para mim, e não queria que acabasse.
Mas acabou.
Eu estava caindo. Como se eu conseguisse ver o chão mas ele nunca chegava.
Estava pronta para a morte, até que mãos envolveram a minha cintura. Olhei para cima e percebi que era você. Estava do mesmo jeito. Seu cabelo encaracolado e sua pele branquinha. Tão belo. Suas asas batiam calmamente. Tão angelical.
- Por que você tem asas?- perguntei. Você não respondeu, apenas me olhou com os olhos tristes.
-Você tem que ir, adeus Anjo.
No momento eu não consegui raciocinar direito. Eu estava caindo novamente, e suas últimas palavras não saiam de minha mente.
Não sei muito bem o que aquilo significou, mas sei que você é meu anjo. O anjo que eu sempre quis ter por perto.  
Agora eu convivo com esses pensamentos confusos em minha mente. Posso dizer que é uma tortura.
Pensei que escrever para você aliviasse a dor, entende? Tinha que colocar isso para fora e não sabia como. Ainda sonho no dia em que você aparecerá novamente em minha porta para me salvar do universo escuro em que eu vivo.

Com carinho,

Sua garota.


1 on 7: Amor

Oláa gente!!
Eu estou participando de um projeto literário que foi criado pelo blog Diário da Filha do Meio, em que durante sete meses eu terei que postar uma resenha de um livro sobre determinado assunto. O assunto desse mês é Amor. Tinha que ser o amor, né?
Mas enfim, esse post vai sair meio corrido pois eu passei o final de semana na casa do meu padrinho e cheguei agora, mas nada me impediu e aqui estou eu...
Eu escolhi o livro Azul da Cor do Mar da Marina Carvalho. Eu comprei na bienal, e me apaixonei por ele. 

Sinopse:
ACASO, DESTINO ou LOUCURA? No caso de Rafaela, pode ser tudo isso junto. Para alguém como ela, nada é impossível. Rafaela sonha desde a adolescência com o garoto que viu uma vez, perto do mar, carregando uma mochila xadrez... A ideia fixa não a impediu, porém, de ser uma menina alegre e muito decidida. Ela quer ser jornalista, e seu sonho está se concretizando: Rafaela Vilas Boas (um nome tão imponente para alguém tão desajeitado) conseguiu um estágio no melhor jornal de Minas Gerais. Mas, como estamos falando de Rafa, alguma coisa tinha que dar errado. O jornal é mesmo incrível, mas seu colega de trabalho, Bernardo, não é a pessoa mais simpática do Mundo. Em meio a reportagens arriscadas – e alguns tropeços -, Bernardo acaba percebendo, contra a sua vontade, que Rafaela leva jeito para a coisa... E que eles formam uma dupla de tirar o fôlego. Mas e a mochila? E o garoto, o envelope, as cartas? Um dia a estabanada Rafaela vai ter que se libertar dessa obsessão. 



"Em vez de fugir das lembranças, por que não ir atrás delas?"


O livro conta a história de Rafaela Vilas Boas, uma jovem estudante de jornalismo. Ela mora em BH com seus dois irmãos.
Ela tem uma rotina normal. Faculdade e casa, mas tudo está para mudar quando a sua faculdade está no final e ela precisa fazer um estágio. Ela logo consegue uma entrevista e é chamada pela "Folha de Minas".
Como Rafa é nova nesse assunto, ela precisa de alguém para auxilia-la. E é ai que entra o Bernardo, o melhor na área do jornalismo investigativo. Ele tornou-se o seu mentor, mas o problema é que ele é um homem arrogante, insuportável e orgulhoso. E para aguentar? Ela irá fazer sacrifícios?  

Não irei falar... Só sei que eu comecei a amar os dois juntos, e descobri que dentro do ignorante Bernardo tinha um coração manteiga derretida...

Confesso que fui atraída a ler esse livro por causa da capa. Olha que linda que ela é! Não me arrependo de ter comprado!! Ainda mais que o livro é nacional...
Não sei o que a Marina usou na hora de escrever o livro, mas eu me encantei. Ri muitas vezes em várias partes e não consegui me desgrudar da leitura. Muuito agradável. A leitura foi rápida e fácil de ser lida. Sério, não consegui me desgrudar dela, foi tipo comecei ontem e terminei hoje.


Amei a escrita da Marina, e estou curiosa para ler os outros livros dela.
Eu super indico o livro, e dou cinco estrelas!


"Senti o sangue ferver - na verdade, borbulhar - dentro das veias. Agora mais essa. Cria de Satanás era um elogio para Bernardo. Ele era o próprio Satã, camuflado com uma linda pele de cordeiro."
Irei deixar o link dos blogs que estão participando do 7 on 7:
Achei e Rabisquei
No Mundo da Zuka 
Cantinho Da Make
Os Nós da Rede 
Diário da Filha do Meio

Resenha: Tipo Destino

Autor: Susane Colasanti
Editora: Novo Conceito 
Páginas: 288

Sinopse: Lani e Erin são melhores amigas, embora não tenham muito a ver uma com a outra. Lani é uma taurina tranquila e Erin é a impetuosa leonina. Uma adora Astrologia (e outras artes adivinhatórias também) e ficar em casa; a outra gosta de pessoas e baladas. Suas preferências — incluindo pizzas e meninos — são bastante diferentes, ou eram, até que Erin começou a namorar Jason… 
Assim que Lani conheceu o namorado de Erin, sentiu uma enorme conexão com ele. Uma sensação de que já se conheciam a vida toda. E, apesar de acreditar que ele sentia o mesmo, ela sempre soube que Jason estava fora de cogitação, afinal, ele era quem ele era! 
Ela decidiu ignorar seus sentimentos. Não importava o quanto quisesse ficar perto de Jason, nada a demoveria da ideia de se manter distante dele. 
Então, Erin viajou durante todo o verão… 

Resenha: 
Destino, Destino e Destino. É essa palavra que resume a história do livro. 
Mesmo que Erin e Lani sejam bem diferentes, elas tem um laço de amizade muito grande. Elas são ligadas porque, depois de um acidente, Lani acha que tem uma "dívida" a pagar para a Erin, e que deve a sua vida a ela. 
A diferença une as duas, formando uma amizade incombatível.
Bem... é o que todos pensam. Até Erin arrumar um namorado, o Jason, e tudo vira de pernas pro ar. 
Jason e Lani sentem que há algo entre eles que é impossível de explicar, fazendo assim, uma jornada difícil. O amor que eles descobriram a pouco tempo foi ficando cada vez mais forte. E para esconder isso de Erin? Um pouco difícil e complicado. 
Erin vai para um acampamento de verão, e Lani e Jason ficam na cidade sozinhos. É o que basta para a relação deles ficar mais forte do que já era...
Jason diz que ama a Lani, e quer terminar com Erin para que eles dois possam ficar juntos. E assim foi feito, Jason mandou uma carta explicando tudo a respeito...
Erin se revoltou e de Lani "inimiga" se tornou.


"- Você não pode negar a realidade. E daí se a realidade é um pouco difícil? Nós dois sabemos que a vida é tudo, menos fácil."

Confesso que eu não gostei da atitude da Erin depois que ela descobriu sobre a Lani e o Jason. Não teve traição nenhuma, mas ela se tornou uma monstra. Sim, foi horrível. As coisas que ela fez contra a Lani... Mas ainda bem que tudo se resolveu.
Outro personagem que eu gostei muuuuito foi o Blake, melhor amigo da Lani que é gay. Ele não queria que as pessoas soubessem sobre ele porque o pai faria coisas absurdas. E sim, descobriram e claro, o pai o expulsou da casa dele. Mas o jeito de como ele enfrentou as coisas foi perfeito. Tão corajoso...

Eu estava doida para ler esse livro.
A capa me atraiu, a sinopse e a autora também. Não tinha lido nenhum livro dela, e muitas pessoas recomendavam  a leitura e diziam que era agradável.
Se é realmente agradável? Sim. 
A escrita da Susane é algo bem leve, o que torna o livro fácil e rápido de ser lido.
Comecei na segunda e terminei na terça... 

Como foi o meu primeiro livro da Susane que eu li, eu gostei. Eu indico e dou quatro estrelas.


O amor não tem lógica, nem sequer é uma escolha nossa. O amor nos escolhe. 
Our Constellations - © 2015. Todos os direitos reservados
Template desenvolvido por Fancy Designs
Tecnologia do Blogger| Créditos: Garota no Mundo Html, Jackie Dream e Enjoy Things| △Voltar ao Topo△
imagem-logo