sábado, janeiro 12, 2019

[Resenha] Você


Livro: Você
Autora: Caroline Kepnes
Páginas: 384
Ano: 2018

Sinopse: Bestseller do The New York Times, o romance de estreia de Caroline Kepnes ganhou elogios de escritores do calibre de Stephen King e Sophie Hannah, além de resenhas estreladas, e deu origem a uma série de TV homônima que estreia neste primeiro semestre nos EUA. Não é para menos. Hipnótico, assustador, brilhante são alguns dos adjetivos usados para descrever este thriller sobre um amor obsessivo e suas perigosas consequências. A trama tem início quando Guinevere Beck, que deseja ser escritora, entra na livraria do East Village onde Joe Goldberg trabalha. Bonita, inteligente e sexy, Beck ainda não sabe, mas é a mulher perfeita para Joe, que, a partir do nome impresso no cartão de crédito de sua cliente, passa a vasculhar sua vida na internet e a orquestrar uma série de eventos para garantir que ela caia em seus braços, fazendo com que tudo pareça obra do acaso. À medida que o romance entre os dois engrena, porém, o leitor descobre que Beck também guarda certos segredos e os desdobramentos desse relacionamento mutuamente obsessivo podem ser mortais.

~~~
Gosto muito de livros que vão mais para esse lado psicológico e explora a mente humana, então é claro que quando eu descobri que esse livro falava sobre stalker e psicopatia eu logo me interessei. “Você” tinha tudo para ser o meu livro preferido, mas infelizmente isso não aconteceu.

Joe é dono de uma pacata livraria. A vida do nosso protagonista muda drasticamente quando Beck, uma mulher totalmente diferente dele, adentra na livraria. Joe crê ter encontrado o amor da sua vida e fica obcecado por Beck, e é assim que a perseguição começa. Ele fica com uma obsessão doentia pela vida da garota e chega a invadir a sua privacidade, observando suas redes sociais, seu círculo de amizade e seus romances.


Beck tem o costume de expor toda a sua vida nas redes sociais, então não é difícil para o Joe encontrá-la e saber qual será o seu próximo passo. Por causa dessas exposições os dois acabam se esbarrando eventualmente em situações extremas. O que para Beck é acaso, para Joe é somente uma consequência. É por meio desses encontros totalmente estranhos que ambos acabam se aproximando.

Joe narra o livro inteiro como se a Beck fosse a leitora. Ele conta como a conheceu, o que sentiu, o que fez para se aproximar dela e a conquistar. A narrativa, claro, é em primeira pessoa e ele se refere a Beck majoritariamente por “você”. Você fez isso ou você fez aquilo. Esse uso excessivo de “vocês” deixou a dinâmica da leitura mais interessante porque o desenvolvimento ficou diferente do habitual, o que é um ponto positivo.

As respostas erradas precisam ser expulsas das bolhas de saliva que saem dos cantos de sua boca retorcida. Você é uma porra de uma idiota por achar que eu a quero fora da minha vida, depois de tudo que fiz por você, isto não é Caindo na real, você não me quer mais que os outros cretinos de sua vida e eu estava errado sobre você.

Joe é perturbado, isso é óbvio. É ruim estar dentro da cabeça de um psicopata pelas 384 páginas e engolir todas as besteiras que ele pensa. Ele engana ser uma pessoa simpática para os outros, mas os seus pensamentos não confundem os leitores. Ele é possessivo, sujo e pensa em muitas coisas nojentas. Geralmente eu não ligo para palavras de baixo calão, mas isso foi uma coisa que me incomodou neste livro.

A Beck não é tão perturbada quanto o Joe, mas ela também tem os seus problemas. Ela é arrogante e só pensa em si mesma. Gosta de atenção e de ter o controle das pessoas em suas mãos, o que é bem irritante. Entretanto, ela continua sendo a vítima, e por mais que ela não seja a melhor personagem, ainda senti empatia por ela e torci para que nada de ruim acontecesse, é claro. Beck estava sendo perseguida por um psicopata que roubou a sua privacidade, pegou o seu telefone, ficou espiando todos os seus passos, saqueou alguns pertences e, para finalizar, que tinha uma caixinha escrito “CAIXA DA BECK”. Meu Deus, tenho nem palavras para dizer o quão doentio isso é.

A culpa é sua, Beck. Você ferrou tudo, você sabe que eu a segui, e você sabe. Você sabe.

(SPOILER) É claro que o Joe fez de tudo para afastar as pessoas que conviviam com a Beck. Quando a primeira morte aconteceu eu fiquei em choque e não foi porque ele estava assassinando alguém (até porque já era de se esperar), mas sim pelo descuidado. Joe fez certas coisas ao ar livre e deixou digitais na cena do crime e ninguém foi investigar o que aconteceu. Caramba! Sei que o livro não foca nessa parte de investigação, mas poxa, nem para sair no jornal que tinha algo de errado ou coisa assim. Ele matou e tudo bem, perfeito, o luto foi muito rápido, ninguém desconfiou das causas e não houve investigação. Esses pequenos (grandes) detalhes eu tive que engolir, e acho que a autora não soube explorar esse lado.

Em relação aos personagens: não consegui me apegar a nenhum deles. Apesar de ter sentido empatia pela Beck (o que é o mínimo), não consegui gostar da personagem e ela foi um tanto faz para mim. Senti empatia porque queria que ela saísse dessa situação, mas se fosse para torcer para a vida pessoal dela eu, particularmente, não ligaria.

Por mais que a narrativa em primeira pessoa enfatizando o “você” tenha sido interessante, achei as descrições maçantes. A história em si demorou muito para acontecer e eu fiquei entediada, só não abandonei a leitura porque queria saber como essa história iria terminar (e nem fiquei surpresa com o final).

sempre tem que ter algo no meu pulso, eu não penso na hora de tirar a foto. perdão KKK

Na minha opinião foi uma história que poderia ter sido explorada melhor. Foi uma decepção sim e trouxe uma grande frustração para mim. Comecei esse ano tendo uma péssima experiência literária, o que é uma pena pois antes de adquirir esse livro eu li algumas resenhas positivas. Não sei se o erro foi meu, talvez a história não seja para mim (o que é estranho haja vista que eu amo histórias com psicopatas e stalkers). Não vou falar que não indico o livro, pode ser que dê certo com você!

Se você já leu o livro me diga o que achou, adoraria conversar sobre ele!


44 comentários:

  1. Eu não sabia que existia o livro mas te falar, só pela série eu sei que vou gostar. Achei bom a experiencia da série de explorar a mente de Joe, talvez, com o livro a experiencia seja ainda melhor.
    www.umminutoparaocosmo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana,
    Para mim, a série de TV foi o bastante. Confesso que não gostei taaaanto assim para me aventurar no livro.
    E se a história não foi tão bem explorada, foi um desperdício, porque a temática é bem interessante e relevante.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um desperdício mesmo, histórias com stalkers de verdade é difícil encontrar por aí :/
      Beijos

      Excluir
  3. Olá, Ana.
    Se eu não tivesse assistido a série quem sabe eu até leria o livro. Mas agora já assisti e pelo que li aqui são bem parecidos. Até essa parte de ninguém investigar nada mesmo ele deixando um monte de pistas. Que pena porque a história tem bastante potencial.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na série eles poderiam ter explorado essa parte da investigação, não é mesmo? Uma pena.

      Excluir
  4. Oi Ana, tudo bem?
    Quando pesquisei resenhas sobre o livro encontrei essa mesma sensação: os personagens de modo geral são difíceis de torcer, o que atrapalha o "apego" do leitor ao livro. Eu já achei o Joe detestável na série (apesar de charmoso), imagina no livro!!! E pelo que percebi a Beck é pior ainda no livro, suavizaram a personalidade na série. Enfim, acho que eu não ia aguentar ficar lendo os pensamentos doentios de Joe por mais de 300 páginas hahaha!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Prih!
      O Joe da série é bem charmoso mesmo, adorei o ator, mas o personagem causa repulsa. No livro é bem pior, temos somente o ponto de vista dele! Louco demais hahaha Tem que ter fôlego pra aguentar ele mesmo.
      Beijos

      Excluir
  5. Oi, Ana!
    Menina, eu não quis ler o livro, mas já fui fisgada logo no primeiro episódio da série.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Concorra a quatro livros e mais um kit de marcadores no instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí que bom! Espero que tenha uma boa experiência com a série

      Excluir
  6. Eu ainda não li o livro, mas parece ser bem interessante!
    Ótima indicação.

    Beijos,

    http://nossoglamour.blogspot.com/2016/09/review-produtos-recebidos-zaful.html

    ResponderExcluir
  7. Oi Ana!
    Te entendo na resenha!
    Eu assisti a série mas não senti vontade de ler. Na série já tem esses furos de investigação, então...
    A Beck realmente não é flor que se cheire pra mim tbm, mas nada justifica, ela não merecia isso.
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol!
      Poxa vida, na série eles poderiam ter acrescentado um pouco de investigação, né? No livro eu até entendo porque é narrado em primeira pessoa e tal, mas sei lá... Enfim!
      Beijos

      Excluir
  8. Oie Ana =)

    Estou vendo a divulgação desse livro nas redes sociais, mas a sua é a primeira resenha que leio.

    Confesso que não é o estilo de narrativa que tenho o hábito de ler, pois ou descubro o enigma rápido demais ou fico assustada com a história.

    Apesar de suas ressalvas Você, parece ser uma leitura interessante para quem gosta do gênero.

    Beijos e uma ótima semana;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      É, o final não é o mais enigmático que tem hahaha Mas quem gosta do gênero é uma boa indicação, vai que a pessoa goste, não é mesmo? Esse livro está dividindo opiniões por aí!
      Beijos

      Excluir
  9. Eu só queria saber o final do livro, pois disseram ser diferente do final da série... Enfim, eu gostei e não gostei, não sei dizer.. Pois tudo muito bom... Mas eu me apeguei mais na beck, e por mais que ele matasse, fizesse o diabo, eu torcia pra eles ficarem juntos e ninguém descobrir, inclusive a beck... Isso, ao mesmo tempo que eu sentia raiva dele, hahahahaha... Enfim.. Uma incógnita. Eu até me senti nele em alguns momentos, porque eu sou STALKER MASTER, de ver a pessoa na rua e já descobrir instagram e toda sua família, hahahha... Já até descobri onde algumas moram, trabalham, etc... :D Mas não sou sociopata, isso que importa... hahaha
    Adorei seu blog, já sigo.. :*

    www.nicenessblog.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quero muito saber o final da série! Quero muito terminar de assistir por conta disso, disseram que é diferente.
      Olha que perigo!! Eu não consegui torcer para os dois, era tão doentio a "relação" deles que eu sentia repulsa hahahaha Que doido isso! Vários sentimentos ao mesmo tempo, o livro causa essa confusão na nossa mente mesmo.
      Fico feliz que tenha gostado!

      Excluir
  10. Oi, Ana!
    Com toda a animação em torno da série, eu queria ler o livro antes de começar a assistir. Mas depois da sua resenha, acho que fiz o certo em começar a série sem ler mesmo haha porque ninguém merece se decepcionar dessa forma, né? Espero que você assista a série e goste mais!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Muita gente está vendo a série primeiro! Pela primeira vez acho que isso não é um erro hahahaha Espero gostar também!
      Beijos

      Excluir
  11. Oi
    pena que a primeira leitura do ano não foi tão boa, mas pelo menos chegou a curtiu algumas coisas já que a nota não foi ruim, o que estou lendo é comentários positivas da série.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      É verdade, sobre a série estou vendo muita gente falar bem. Vamos ver o que eu vou achar!

      Excluir
  12. Oi Ana,

    O pessoal tem falado bem da série ultimamente, mas confesso que a trama não me atrai a ponto de ler o livro. A série eu quero conferir.
    Uma pena ter sido frustante.
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      AAA, eu espero que você goste da série pelo menos!
      Beijos

      Excluir
  13. Oi Ana,
    Eu ainda nem maratonei a série e nem li o livro. Mas sou aloka dos psychos tb e adoro thriller psicológico, certeza que darei uma chance em breve.
    Uma pena que a narrativa demore a andar e peca em outros pontos.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Eu espero que ao menos você goste, irei adorar saber a sua opinião.

      Excluir
  14. Oi, Ana!

    Eu também gosto de histórias que puxam pro lado psicótico e achei a série muito bem feita, consegue prender a atenção, por mais que todas as atitudes e pensamentos de Joe sejam absurdos. Imagino que o livro possa se tornar maçante pelo excesso de descrições, e também muito mais forte pelos pensamentos dele serem bem mais detalhados. A parte do "você" realmente é interessante porque é quase como se ele estivesse falando com o leitor, chegamos a ter essa impressão. Gostei da série, mas não sei se leria o livro. Imagino que minha experiência acabaria sendo a mesma que a sua. Ótima resenha!!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Não vi a série ainda, mas pelo pouco que eu vi os atores pareceram se encaixar muito bem nos personagens. Sim, sim, é bem maçante as descrições e as coisas demoram bastante para acontecer :/ Obrigada!
      Beijos

      Excluir
  15. Depois que saiu a série da Netflix eu fiquei muito curiosa com a história. Uma pena que para você, foi pouco explorada. Ainda estou me decidindo se vou ou não assistir e ler..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu espero que a sua experiencia seja melhor que a minha, adorarei saber a sua opinião :D

      Excluir
  16. Oi, Ana
    Vi muita gente comentando sobre ambos, e muitas pessoas gostaram do livro. Alguns comentários falam da Becky, que ela é tão psicopata que nem Joe, eu já nem sei porque não vi nenhum dos dois, mas eu me interessei, apesar de não fazer bem o meu estilo.

    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Pois é, eu queria ter sido uma dessas pessoas que gostaram :/ Mas as vezes não rola, normal. A Beck é bem doida mesmo hehe
      Beijos

      Excluir
  17. Ainda não li o livro, mas estou no 5° episódio da série, confesso que ela é bem diferente de tudo que já vi e só terminarei de ver porque já comecei, mas não foi uma história que me surpreendeu.

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita, essa série está dando o que falar haha Muitas opiniões divergentes, acho que vou ter que tirar minhas próprias conclusões :P

      Excluir
  18. Oi Ana.
    Gostei muito da sua sinceridade na resenha. Eu não sabia do livro, mas tenho ouvido muitos elogios a série. E uma coisa que me preocupa bastante é a maneira como as mulheres estão romantizando as atitudes de um psicopata. O próprio ator se diz preocupado com isso. Enfim, não tenho vontade de ler e nem mesmo de assistir a série.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie
      Fico feliz que tenha gostado!
      Nem me fale, eu vi muita romantização o relacionamento deles, mas era por conta da série, nem tanto pelo livro. Quero assistir para ver o motivo. Sério, se acham esse romance "normal" acho que a pessoa tem que rever seu conceito de normal, porque é muito doentio.
      Obrigada pelo comentário.
      Beijos

      Excluir
  19. Oi Ana.
    Eu adorei sua resenha sobre o livro, porque tenho minhas dúvidas se vou gostar da obra ou não. Eu talvez fique bem frustrada, já que gosto muito da ideia de psicopatia em filmes.
    Beijos.
    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Fico feliz que tenha gostado! É, se você gosta de psicopatia entao talvez fique um pouco frustrada assim como eu :(
      Beijos

      Excluir
  20. Olá, Ana!
    Estou louca para ler esse livro (vi que lançou a série e gostaria de ler antes de assisti-la)! Vi alguns comentários dizendo que pela primeira vez a série ficou melhor que o livro, hahah.
    Uma pena o livro não ter te agradado tanto.
    Adorei sua resenha! Pulei a parte do spoiler, hahah.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Pois é, é uma surpresa quando a série ou filme fica melhor que o livro hhahaha mas acontece.
      Fico feliz que tenha gostado. Espero que o livro funcione com você!
      Beijos

      Excluir
  21. Oii Ana!

    Ah, que pena que não gostou! Eu já vi a série, e por algumas resenhas que vi pela internet do livro, falam que a série foi melhor desenvolvida.... sei lá, eu ainda quero dar uma chance, porque eu sempre prefiro os livros, haha. Além disso, falaram que o final do livro é diferente do da série, então eu quero mesmo ler.

    Bjao ♥
    Início de Conversa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      É sempre bom dar uma chance, vai que você goste, né? Adorei ser o seu feedback depois. Também estou curiosa em relação ao final, vamos ver se vai ser uma diferença boa.
      Beijos

      Excluir
  22. Não conhecia o livro, mas é o tipo de livro que gosto de ler :)
    Gostei da review e fiquei curiosa ^^

    Beijinhos e bom fim de semana ^^
    O blog da Mó | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  23. Olá!

    Ouvi falar sobre o livro e comecei a ver a série na netflix recentemente mas acabei desistindo. Eu também gosto de livros com essa temática, pensei que o livro seria melhor que a série mas pelo visto é maçante kkk'

    Beijos

    Abobrinha com Chocolate

    ResponderExcluir

Our Constellations - © 2015. Todos os direitos reservados
Template desenvolvido por Fancy Designs
Tecnologia do Blogger| Créditos: Garota no Mundo Html, Jackie Dream e Enjoy Things| △Voltar ao Topo△
imagem-logo